Twitter

    Ads


    adsense link 728px X 15px

    Blogroll

    Ads Here

    Headline

    Download

    Label Cloud

    29 de mai de 2007

    João Lobo e o campo do Moitense

    Síntese da entrevista de João Lobo, Presidente da C.M.Moita ao jornal "Voz do Barreiro"

    "...
    Equipamentos: o campo do F.C. Moitense

    VB – Duas situações tangenciais ao PDM. Nesta revisão qual o futuro do F.C. Moitense relativamente ao seu campo de jogos?

    JL – É importante nós termos aqui sempre presente a boa fé com que estamos e estivemos sempre nisto. A determinada altura, constatámos esta situação: o FC Moitense que tem determinados problemas e determinadas necessidades e nós pensámos que a forma de ajudarmos a satisfazer essas necessidades era através de determinados mecanismos de forma a virem a ter instalações próprias que seriam para a Câmara que, depois, as contratualizava com o FC Moitense. Nesse sentido avançámos estabelecendo um protocolo com gente que tinha interesses e que é proprietário de terrenos no concelho.

    E porque defendemos uma postura de interesse público, ou seja, se em função da minha estratégia para o desenvolvimento deste concelho, pretendo neste ou naquele sítio alterar o uso do solo, antes de o fazer vou dizer aos proprietários do terreno: na nossa estratégia isto passa daqui para além, isso cria mais valias e, então, no nosso entendimento, o interesse público, deve ser compensado. O caso do Moitense prende-se com uma determinada propriedade, nas Fontaínhas, que no actual PDM está dentro do perímetro urbano, não é urbanizável e já que situada entre duas povoações, a Quinta da Lomba e o Vale da Amoreira, é nosso entendimento estratégico que ela passa a ser urbana...

    VB – E ficaria aí o campo do Moitense?

    JL – Não, esses proprietários tinham outras propriedades aqui na Moita onde poderia ser executado o campo do Moitense. E nós protocolámos com eles o seguinte: meus amigos, na nossa perspectiva esta propriedade vai mudar o uso. Se mudar o uso há uma mais valia para vocês e isso obriga-nos a estabelecer aqui uma mais valia para o interesse público que será: um terreno de 3 hectares, com uma casa, para uma Quinta Ecológica e, para além disso, no terreno que é propriedade dos senhores, e que passa a ser nosso, vão construir um campo, com bancadas, mais um campo de treinos e mais uns viveiros de relva para o campo relvado, etc, etc. E é aí que entrará o tal protocolo. E isto porquê? Porque não tendo nós capacidade e não sendo essa a nossa função directa, mas procurando sempre os financiamentos possíveis, queríamos encontrar uma solução para o Moitense e encontrámos ali um caminho possível.

    VB – Quer dizer que resolveram o problema do Moitense através dessa via?
    JL – Através dessa via, eventualmente… se acontecer.

    ..."

    Comments :

    0 Comentários to “João Lobo e o campo do Moitense”

    Followers

     

    Copyright © 2009 by Moita / Desporto